Livro CÓDIGOS E PRÁTICAS: O PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO URBANA EM VILA RICA COLONIAL (1702-1748)

Neste livro, Maria Aparecida de Menezes Borrego ajuda a entender melhor a urbanização peculiar das Minas.

Ancorada na documentação muitas vezes maçante da Câmara de Vila Rica editais, bandos, portarias, petições, arrematações, despachos, correspondência oficial, analisa o surgimento do núcleo urbano à luz do processo de formação da capitania, vendo seu espaço como expressão do universo mental que lhe conduzia as ações, com lógica própria, organicidade e adaptação harmônica à paisagem circundante.

O caráter oficial dos documentos obriga a ler nas entrelinhas mas não impede, conforme mostra a autora, que se desnudem tanto as exigências das instâncias de poder como as resistências da população frente a elas.

No marco cronológico compreendido entre 1702 quando o Regimento dos superintendentes, guarda-mores e oficiais deputados para as Minas do Ouro regulamenta a distribuição de terras e 1748, quando, sob o governo de Gomes Freire de Andrada, se constrói o palácio dos governadores, a autora estuda o parcelamento territorial, as tensões entre grupos e o diálogo entre códigos e práticas, mostrando que a letra escrita ganha sentido quando confrontada com os procedimentos do dia-a-dia.

Autor: Maria Aparecida de Menezes Borrego
Editora: Annablume
ISBN: 8574194026
EAN: 9788574194028
Ano edição: 2004
Número edição: 1
Páginas: 190
Acabamento: Brochura
Tamanho (cm): 11,5x20

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Livro CÓDIGOS E PRÁTICAS: O PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO URBANA EM VILA RICA COLONIAL (1702-1748)

  • Produtos por marca FAPESP
  • Modelo: 9788574194028
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 19,90